Minecraft para a Educação - Parte 1

qui 04 junho 2015

Tive recentemente uma conversa com o André Rafael, da Guerrilha do Servidor sobre a situação da educação no Brasil e discutimos junto com a turma do Calango e outros coletivos como poderíamos mudar este quadro.

A conversa foi muito produtiva e está registrada lá na wiki do Calango:
http://calango.club/eventos:hangouts:2015:05:27

Pois bem, mencionei nesta conversa e em alguns outros papos que uma maneira de interessar mais a meninada pela matemática seria criar interações com o Minecraft.

Minecraft, para quem não sabe, é um jogo que virou uma verdadeira febre entre a meninada. O jogo começou independente, mas virou um sucesso tão grande que a Microsoft o comprou por 2,5 bilhões de dólares !

Eu confesso que gosto muito de Minecraft e deixo minha filha jogar bastante. O jogo tem um modo criativo onde as crianças podem criar o que quiserem usando blocos de diversos materiais. No modo de sobrevivência, a criança tem que derrubar árvores para obter madeira, matar animais para conseguir carne, quebrar pedra para encontrar metais. A partir daí, ela tem que queimar a madeira para obter o carvão que vai usar em uma fornalha para derreter o metal e assim obter ferramentas. É muito interessante, aguça a criatividade e permite à criança refletir sobre como as coisas são feitas.

Só que tem mais!

O Minecraft tem duas outras possibilidades para a educação: Minecraft Pi e os mods.

O Minecraft Pi é uma versão simplificada do Minecraft que roda na Raspberry Pi. Raspberry Pi é um computador pequeno e barato criado para popularizar o ensino de programação. Além de possibilitar brincadeiras com robótica, ele vem com uma versão de Minecraft com uma interface python embutida. O que isso quer dizer é que você pode fazer um programa em Python que interage com o jogo.

Eu fiz algumas experiências com o Minecraft Pi. Nesta daqui, eu criei um circuito e um programa para que as crianças pudessem interagir com o mundo do Minecraft e ver resultados na vida real. Cada bloco que elas tocam no Minecraft causa uma interação no mundo real. Se tocar em ferro ela vai ver um LED verde acender e se tocar em um diamante, um motor vai girar. Nada muito avançado, mas mostra as possibilidades da brincadeira.
https://github.com/ocarneiro/minecraft-pi

Outra coisa interessante é que as crianças podiam interagir com o mundo criado no Minecraft Pi a partir de dispositivos móveis. Ou seja, se a criança tinha o Minecraft no celular ou tablet (Android, iPhone ou iPad) podia conectar no Minecraft rodando na Raspberry Pi. Podia, porque neste momento eles estão incompatíveis.

Eu até tweetei para os desenvolvedores para perguntar sobre isso, vamos ver se me respondem...

tweet para desenvolvedor do minecraft pi

Enquanto a resposta não vem, sobra outra alternativa para a interação entre código e Minecraft: os mods!

Mods são modificações do Minecraft. O Minecraft foi escrito em Java e permite a desenvolvedores estenderem as funcionalidades do jogo. Existem alterações para que o jogo vire uma variante de Pokémon ou uma variante de The Sims ou coisas totalmente originais como explorações espaciais e outras coisas.

Eu acho que é possível criar uma modificação que auxilie no interesse e aprendizado de matemática. Estou imaginando que as crianças poderiam escrever frações e ver elas se transformarem em paredes para um castelo ou degraus para uma escada. Imagino que poderíamos criar desafios para a molecada aprender matemática enquanto estão imersos em um mundo que eles conhecem bem e adoram. Quem vai comigo?

Eu estou engajado e até comprei um livro sobre como criar mods de Minecraft. Ele se chama Minecraft Modding with Forge e está a venda no site da O'Reilly.

Aguardem mais notícias sobre este assunto!

Abs.,
Otávio

python / minecraft / cidadania / educação / raspberry pi /

Comentários