Como criar um componente para o Fritzing

sex 10 janeiro 2014

Quando fui documentar o meu projeto de criar um olho de brinquedo usando um display LCD Nokia 5110, descobri que o Fritzing não tem um desenho deste display. E agora? Como fazer para desenhar?

A referência oficial do Fritzing que achei na internet dizia estar desatualizada e mandava ir procurar no blog deles, mas não tinha um link direto.

Na verdade, a instrução estava desatualizada por existir um novo editor de partes dentro do Fritzing desde a versão 0.7.9, mas a versão que eu tinha (0.6.3, a que você encontra na Central de Programas do Ubuntu) ainda não vinha com esse editor.



Dei uma pesquisada e o editor novo me pareceu bem melhor que o anterior, então baixei a versão atual do Fritzing, a 0.8.5. Se estiver usando o Ubuntu, recomendo você baixar a versão disponível na Central de Programas do Ubuntu primeiro e depois instalar essa, isso garante que as dependências estarão atendidas.

O post do blog do Fritzing que detalha como usar o novo editor de componentes está neste link:
http://blog.fritzing.org/2012/10/09/new-parts-editor-released/

Tudo o que escrevi aqui aprendi lendo esse post, então se tiverem dúvidas, vão ali primeiro.

O editor de componentes (parts) do Fritzing precisa começar sempre de um componente existente. Como estamos trabalhando com um display de LCD, faz todo sentido partir de outro display de LCD. O Nokia 5110 é um display gráfico, então eu inseri um display gráfico 128 x 64.

A partir daí, você pode clicar no componente com o botão direito e selecionar Editar ou ir em Componente -> Editar (Criador de Novos Componentes).

Para criar as imagens, eu exportei para SVG o desenho do display de 128x64 (verde) e o abri no Inkscape. O desenho já chegou no Inkscape com medidas corretas (para um display grande). Usando medidas em mm, consegui redesenhar o meu display. Tomei alguns cuidados para conseguir importá-lo de volta no Fritzing:

  • Não mexi na posição inicial do desenho (que começa nas coordenadas 0,0);
  • Alterei o tamanho total do desenho SVG (Propriedades do Documento) e o deixei do tamanho do meu componente (43,5x43mm);
  • Não mexi nos pinos que já existiam, só removi os que estavam sobrando.

O que eu fiz foi basicamente desagrupá-lo todo, mudar a cor, apagar vários dos pinos e aplicar as medidas que eu mesmo obtive com uma régua. Evitei tentar colocar os pinos de cima, já que não iria precisar deles.

Ao voltar para o Fritzing, carreguei minha imagem (Ctrl+O) e ele magicamente já identificou os pinos, deixando os que apaguei desmarcados (não encontrados).

Fui até a aba "Conectores" e apaguei os conectores de 1 a 12 (os mesmos que eu tinha apagado do desenho) e reajustei os demais conforme a realidade (1 a 8, RST, CE, DC, etc.)

Na aba "Metadado", preenchi as informações sobre o componente. Na aba "Ícone", fui em Arquivo -> "Reusar imagem do protoboard".

Para a aba "PCB" você tem que gerar um novo arquivo SVG. Você faz o mesmo processo da visão Protoboard: exportar o desenho existente e editar.

A única coisa diferente é que os pontos de solda têm que estar em um grupo chamado "copper0". Para isso, você agrupa os circulos que representam os pontos de solda (Ctrl+G) e edita o nome do grupo apertando Ctrl+Shift+X e alterando a propriedade "id" para "copper0". Ctrl+Enter grava a alteração do nome no campo. Salve o arquivo e o importe no Fritzing que ele vai reconhecer.

A aba Esquemático você pode fazer como quiser, basta usar as fontes corretas. Se não usar, não tem problema, o Fritzing troca para você.

Pronto! Agora você já pode usar o componente que você desenhou no seu projeto!

O componente que eu criei você pode pegar aquie usar como quiser.

UPDATE: No dia 16/01/2014, postei um exemplo de como colocar o display para funcionar, com código e tudo. Veja aqui.

Você pode ver todas as etapas deste projeto usando este link, ou clicando na tag "olho_de_lcd", abaixo.

arduino / diy / eletrônica / fritzing / olho_de_lcd / projetos / tutorial /

Comentários